As 20 melhores histórias em quadrinhos de todos os tempos


Por: Léo Almeida

Muitos colecionadores e fãs de quadrinhos podem discutir durante horas e horas quais são as melhores histórias em quadrinhos de todos os tempos. Mesmo tendo sido feita há quase sete anos atrás, a lista elaborada pelo site americano Comic Book Resources permanece como sendo uma das mais corretas.
A lista engloba 100 títulos escolhidos por votação pelos fãs d quadrinhos que acompanham o site.

Irei falar aqui apenas dos 20 primeiros desta lista.



Se quiser conferir a lista completa, acesse aqui: http://www.cbr.com/top-100-comicbook-storylines-master-list/

Então começaremos com o 20º lugar...

- Empatados, estão “Days of Future Past” e “E is for Extinction”.

As duas HQ’s que dividem a posição são duas histórias conceituadas dos X-Men.

A primeira, Dias de um Futuro Esquecido, foi escrita por Chris Claremont e John Byrne e desenhado por Byrne e Terry Austin. Foi publicada em X-Men 141-142, em 1963.

A segunda, mais recente, E de Extinção, foi escrita por Grant Morrison, com arte de Frank Quitely. A história foi publicada em New X-Men 114-116 de 2001.

Falar sobre essas edições é chover no molhado. As duas obras, mesmo separadas por quase 40 anos, revolucionaram o universo dos mutantes. A obra de Claremont possuía um roteiro bem elaborado sobre viagens no tempo e se tornou uma das melhores histórias em quadrinhos dos X-Men de todos os tempos. Meio que inspirou o filme dos X-Men com o mesmo nome Mais ou menos...).

Já E de Extinção mostrou um roteiro mais denso. Morrison soube aproveitar a oportunidade para revitalizar o título, com um estilo mais voltado para a ficção científica. A arte de Quitely, como sempre, maravilhosa.

- Em 19º lugar, "The Galactus Trilogy" de Stan Lee, Jack Kirby e Joe Sinnott, publicado em 1966 nas edições Fantastic Four Vol. 1 48-50. Mesmo sendo mais antiga, a HQ que mostra a primeira aparição do Surfista Prateado é considerada por muitos um marco nas HQs da era de ouro.

- Em 18º, a conhecida "Guerra Civil" de Mark Millar, Steve McNiven e Dexter Vines, que inclusive meio que (mais ou menos) inspirou o terceiro filme do Capitão América.  Lançada originalmente em 2006, a HQ divide opiniões. Há quem diga que foi a última boa história da editora.

- Em 17º, "Under Siege" de 1963, o arco conhecido aqui no Brasil como “Sob Ataque”, uma clássica história dos Vingadores, de Roger Stern, John Buscema.

- O 16º lugar ficou para Geoff Johns, com Sinestro Corp Wars, publicado nas revistas do Lanterna Verde na nova fase dos Novos 52 a partir de 2011.

- Em 15º lugar, uma HQ que muitos colocariam nos dez primeiros lugares. Estou falando de uma das melhores histórias em quadrinhos de Alan Moore: "V for Vendetta".

- Em 14º lugar, uma das melhores histórias do Homem Aranha: "A Última Caçada de Kraven" por JM DeMatteis, e Bob McLeod, publicado originalmente em 1985.

- O 13º lugar é ocupado por uma das melhores histórias de Marv Wolfman e George Perez, "The Judas Contract", ou O Contrato de Judas, uma clássica história dos Novos Titãs de 1984, que utilizou um teor bem adulto para uma equipe de jovens heróis.

- O que me surpreendeu um pouco foi o 12º lugar desta lista. Quer dizer, superou todos os grandes clássicos acima. Mas deixo mais uma vez bem claro que não se trata da minha opinião, mas sim do ranking do Comic Book Resources. Por incrível que pareça, quase beirando o Top 10, "A Era do Apocalipse", de Scott Lobdell e desenhado por vários artistas, entre eles um brasileiro, Roger Cruz.

(Sim, eu também não entendi...).

- Antes de ir finalmente aos dez primeiros colocados, um dos maiores clássicos da DC Comics, com roteiro de Paul Levitz e desenhos de Keith Giffen, temos o prestigiado Legião dos Super Heróis: A Saga das Trevas Eternas de 1982. Esta saga ocupa o 11º lugar de nossa lista.

Agora, vamos ao nosso top 10. As dez melhores histórias em quadrinhos de todos os tempos, conforme o site Comic Book Resources.

Que rufem os tambores... (vou aproveitar e dar dicas de como e onde encontrar as HQ’s)

O 10º lugar é ocupado por uma grata surpresa: "Maus” de Art Spiegelman. O que me surpreendeu foi que não se trata de uma HQ de super heróis, mas uma espécie de retrato da segunda guerra mundial, em que os gatos seriam os nazistas e os ratos, os judeus. Destes dez primeiros lugares, é a única HQ que não possuo. Vale a pena procurar, pois foi à única HQ a ganhar o prêmio Pulitzer.

ONDE ENCONTRAR? Muito mais fácil na internet. Talvez dê sorte e ache em sebos...

Em 9º lugar, O Reino do Amanhã (Kingdom Come) de Mark Waid e Alex Ross. Como os dez primeiros lugares são mais conhecidos, não irei tecer maiores comentários sobre as obras. Muitos devem conhecer as HQ’s que irei listar daqui pra frente. Ouso afirmar que são itens obrigatórios para qualquer colecionador de quadrinhos que se preze. Mas uma curiosidade vale mencionar. Existe certa discussão sobre qual HQ ilustrada por Alex Ross é melhor: Marvels ou Kingdom Come. Enquanto Marvels é uma espécie de documentário sob a ótica de um fotógrafo sobre os grandes acontecimentos dos quadrinhos Marvel, O Reino do Amanhã é uma bela história de uma realidade alternativa em que os heróis do passado precisam retornar para salvar o mundo. Nem mesmo eu sei responder qual é melhor. Mas o site resolveu que Marvels merece o 49º lugar da lista... Enfim...

ONDE ENCONTRAR? É possível encontrar tanto a mini original ou encadernados em capa cartão em sebos, mas na internet é possível achar a capa dura lançada pela Panini.

O lugar vai merecidamente para Estação das Brumas (Season of Mists) de 1990. Trata-se de um arco escrito por um dos meus escritores preferidos, Neil Gaiman. Um dos melhores contos do senhor do sonhar, Sandman entre as edições 21 a 28. Eu disse merecidamente, porque se Sandman não estivesse nesta lista, eu nem me daria o trabalho de escrever o artigo. Pronto, falei!

ONDE ENCONTRAR? Se der sorte de encontrar em sebos, seja a série original da Globo ou encadernado... Mas é na sorte mesmo. Na série da CONRAD, foi publicado na 4ª edição. O segundo volume da edição definitiva de Sandman também mostrou a história.

A posição é ocupada por um tremendo clássico dos quadrinhos: "Crise nas Infinitas Terras" por Marv Wolfman, George Perez, Dick Giordano e Jerry Ordway.

ONDE ENCONTRAR? É fácil de encontrar nos formatinhos em sebos. A Panini também lançou a edição definitiva.

Em lugar, mais uma obra de Grant Morrison em parceria com Frank Quitely: All Star Superman (Grandes Astros Superman). Simplesmente se trata de uma das melhores histórias do Superman de todos os tempos. A Minissérie em 12 edições praticamente é uma homenagem ao personagem de 1938 até os dias de hoje.

ONDE ENCONTRAR? Em sebos, com a mini original ou em capa dura pela Panini (bem mais fácil de encontrar).

Agora o 5º, o 4º e o 3º lugar são da mesma autoria. Estou falando do grande Frank Miller.

O Cavaleiro das Trevas (Dark Knight Returns), escrito e desenhado por Miller ocupa nosso lugar. Este ano, se completa 30 anos de sua publicação e ainda é considerado por muitos como um divisor de águas nas HQ’s do Batman, tendo inspirado muitos roteiristas e desenhistas ao longo dos anos.

ONDE ENCONTRAR? As minis originais (foram três séries) são mais complicadas de se encontrar. Mas a Panini republica praticamente todo ano em capa dura nas edições definitivas, compilando inclusive Cavaleiro das Trevas dois.

Lembram quando eu escrevi que é discutido qual é melhor: Marvels ou Reino do Amanhã? Pois bem, existem duas HQs do Batman que geram a mesma discussão: O Cavaleiro das Trevas ou Ano Um. Parece que pelo menos aqui já existe uma definição, pois Ano Um também escrito por Miller e desenhado por David Mazzucchelli ocupa a posição deste ranking. Foi publicado originalmente em 1987, entre as edições 404 e 407.

ONDE ENCONTRAR? Foi publicado originalmente nos formatinhos do Batman, mas foi relançado em encadernados posteriormente. A Panini também lançou a capa dura.

E em lugar, A Queda de Murdock (Born Again), assim como em Ano Um, também foi escrito por Miller e desenhado por David Mazzucchelli. Ainda acho que O Homem Sem Medo, também de Miller, merecia estar pelo menos nos vinte primeiros lugares, mas enfim...

ONDE ENCONTRAR? A minissérie original pode ser encontrada em sebos, mas foi relançada em capa dura tanto pela Panini quanto pela Salvat.

Com relação ao segundo lugar da lista, tenho várias ressalvas. Óbvio que merece estar na lista. Também acho que merece estar nos 20 primeiros lugares. Minha ressalva é pelo fato que superou os títulos anteriores nesta colocação.

De qualquer forma, o lugar, a medalha de prata vai para A Saga da Fênix Negra, de Chris Claremont, John Byrne e Terry Austin, publicado originalmente entre as edições X-Men 129 a 137. Sim, é uma excelente HQ dos X-men, muito bem escrita e desenhada, mas ainda não acho que seja melhor do que Cavaleiro das Trevas por exemplo. Muito menos acho melhor que Sandman...

ONDE ENCONTRAR? Dá uma procurada nos formatinhos nos sebos ou Salvat e Panini.

Pelo menos o primeiro lugar desta lista vai mais do que merecidamente para uma HQ que sempre estará no TOP 10 de qualquer fã de quadrinhos...

A aclamada HQ Watchmen de Alan Moore e Dave Gibbons não lidera esse ranking á toa. Recentemente escrevi um artigo inteiro sobre esta HQ e sua importância para o mercado de quadrinhos. Então não vou entrar em detalhes. Mas se você não sabe por que ocupa o primeiro lugar, é porque nunca leu... Seu Herege!

ONDE ENCONTRAR? Foi lançado em minisséries em vários formatos. Originalmente em seis edições, depois em 12, e encadernados de 1, 2 e 4 edições.  Se der sorte de encontrar em sebos, vale a pena estes formatos. Mas a versão mais fácil de encontrar ainda é a capa dura da Panini.

Então é isso, pessoal... Resolvi falar meio que resumidamente apenas dos vinte primeiros lugares. Espero que tenham apreciado a leitura...

Até mais...
As 20 melhores histórias em quadrinhos de todos os tempos As 20 melhores histórias em quadrinhos de todos os tempos Reviewed by Atmosfera Nerd on novembro 22, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário